594Visualizações |  Like

Miguel Portela recebe Prémio de Investigação EEG 2015

 

A Escola de Economia e Gestão instituiu em 2009 o Prémio de Investigação. Este é atribuído ao artigo escolhido por um painel de presidentes de conselhos científicos das áreas de investigação da EEG

Podem concorrer a este prémio os docentes, investigadores ou bolseiros de pós doutoramento da Escola de Economia e Gestão ou das Unidades de Investigação desde que a sua afiliação na Universidade do Minho ou à Escola de Economia e Gestão seja mencionada no artigo publicado.

Em 2015, o Prémio de Investigação foi atribuído, na cerimónia de comemoração do 33º. Aniversário da EEG, a Miguel Portela (Professor Associado da Escola de Economia e Gestão), pela sua publicação “I. Sebastian Buhai; Miguel A. Portela; Coen N. Teulings e Aico Van Vuuren (2014). Returns to tenure or Seniority? Econometrica, Volume 82, Issue 2, Pages 705-730.”

Neste artigo, os autores, analisando dois mercados de trabalho com características muito diferentes, o dinamarquês e português documentam dois factos comuns a ambos. Primeiro, os trabalhadores que são contratados por último, são os primeiros a abandonar a empresa; dito de outro modo, a probabilidade de abandono da empresa diminui com uma subida na hierarquia de antiguidade dentro da empresa. Segundo, os trabalhadores são duplamente recompensados pela antiguidade: por um lado, um aumento da antiguidade dentro da empresa traduz-se num aumento de salário; por outro lado, e para trabalhadores com a mesma antiguidade, uma subida na hierarquia de antiguidade está associada a um ganho salarial adicional.