54Visualizações |  Like

Professores da EEG desenvolvem estudo sobre o impacto económico da Web Summit

Francisco Carballo-Cruz, João Cerejeira e Ana Paula Faria, docentes do departamento de Economia da Escola de Economia e Gestão e investigadores do Núcleo de Investigação em Políticas Económicas e Empresariais (NIPE), desenvolveram um estudo, publicado pelo Gabinete de Estudos Económicos (GEE) do Ministério da Economia, sobre o impacto económico da Web Summit.
Há três anos atrás, o GEE divulgou um estudo semelhante, assinado pelo docente João Cerejeira, cujo objetivo era contabilizar o efeito da Web Summit em Portugal no longo prazo, isto é, entre 2016 e 2028. Já o estudo mais recente visa estimar os impactos da despesa, o valor acrescentado bruto, o emprego e os impostos resultantes da realização da Web Summit no país, entre 2016 e 2019. Os estudos consideram três cenários, que variam em função da taxa de crescimento do número de participantes, tipo de multiplicador (com consumo endógeno ou não) e estadia média de cada participante.

+ informação